sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Décio Pignatari



Décio Pignatari é, sem dúvida, um nome importante para a moderna Literatura Brasileira por sua participação no Movimento Concretista. Junto com Haroldo, Augusto de Campos, em São Paulo;  Wlademir Dias-Pino e Ronaldo Azevedo no Rio de Janeiro, em 1956, lançaram a Poesia Concreta no Brasil. Concretismo que, por sua força, influenciou nas décadas de 1960 e 1970 o surgimento do Neo-Concretismo, a Poesia-Práxis, o Poema/Processo e o Poema Visual.

O estudo da teoria da comunicação foi uma das suas atividades acadêmicas importantes,  Foi professor na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP e colaborou atuando em jornais, revistas, TV e rádio. Reuniu os seus textos teóricos em livros como um dos mais importantes: Informação, Linguagem, Comunicação(1968) e Semiótica e Literatura (1974).

Conheci pessoalmente Décio Pignatari por ocasião do centenário de Belo Horizonte, em 1997, quando fomos convidados, junto com Wlademir Dias-Pino, Philadelpho Menezes, Clemente Padín e Paulo Bruscky para um debate em torno da Poesia de Vanguarda no Brasil. 


Hugo Pontes
Poços de Caldas-MG dezembro 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário