quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Qualquer lá no Teatro Renascença


primeiro disco solo da cantora Dani Rauen

Acontece dia 1o de outubro, no Teatro Renascença, o lançamento do primeiro disco solo da cantora Dani Rauen, Qualquer lá.

Dani Rauen começou sua carreira em 1999 como vocalista da Suco Electrico. E foi à frente da Suco Electrico que fez escola no palco, pegou a estrada, chegando a tocar no circuito Banco do Nordeste e a abrir o show do mutante Arnaldo Baptista em Porto Alegre, além de participar de programas e festivais como “Covernation” da MTV, Festival Morrostock, Festival Grito Rock e de lançar sete discos entre demos, EPs e oficiais.

Após dez anos de Suco, Dani Rauen desengavetou um antigo projeto: Fazer um disco de interpretações. Um disco onde pudesse rir e cantar a dor de cotovelo. Desplugou as guitarras e deu outra perspectiva para músicas que fizeram parte de sua vida.
Composto de interpretações e releituras, o disco nasceu da vontade de experimentar outras vertentes além do rock e de se reinventar como intérprete.

A busca do repertório foi em cima de músicas com potencial de transformação. Bandas de rock, antigos parceiros, material da própria Suco serviram como base para a criação deste novo universo.


Nelson Coelho de Castro faz uma participação especial na sua própria música, Quando eu feri.
Qualquer lá – uma das duas faixas autorais –, nascida durante as gravações, tem letra de Dani Rauen e música de Toneco da Costa. A música acabou dando nome ao disco por conter a sua essência; a música fala de tomar caminhos diferentes, desconhecidos e seguir para qualquer lá.

Serviço
O que: Dani Rauen lança seu primeiro disco, Qualquer Lá
Quando: Dia 1o de outubro, sábado, às 21 horas
Onde: Teatro Renascença – Av. Érico Veríssimo, 307
Quanto: R$20 no local
Ingressos antecipados: R$15 na Palavraria – Vasco da Gama, 165

Nenhum comentário:

Postar um comentário